DIARIO DA ILHA: MONÇÃO (MA): Prefeita machuca professores.

.

.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

MONÇÃO (MA): Prefeita machuca professores.

 POR LIMA K LIMA:

Eu sou prefeita! Eu não atendo agora.
As características de grande parte dos prefeitos maranhenses se dão assim; com um grande exageros de autoridade para com seus munícipes: aqueles que o elegeram, que os receberam também em suas casas quando, os mesmo foram pedir um voto de oportunidade, pois, bem a prefeita da cidade Monção no maranhão tem agido assim durante toda a sua gestão a prefeita Cláudia Silva (PL) praticamente obrigou os professores acamparem em frente a sua residência, tudo isso só porque não quer conversar sobre o reajuste do piso salarial da categoria. Os professores prometem saírem da porta da residência da prefeita só após ela os atenderem como isso sempre tem alguém ali, pronto a mando da prefeita para dizer que ela está com convid-19, “Eita covid- você está salvando também”?
“Nós aguardamos um reajuste de 12,84% garantido em lei desde 2020 e não foi cumprido. Monção é uma das únicas cidades aqui da região que não cumpre a lei do piso salarial. Além do piso, nós temos outras questões como, por exemplo, promoções, titulações que não são pagas no Município. Alguns esperando há mais de três, quatro anos e a gente não tem uma resposta da administração nesse momento. Nós lutamos por esse reajuste de 12,84% que vem gerando uma perda durante o ano de 2020 e 2021 de mais de R$ 12 mil para os professores que tem uma matrícula e o dobro desse valor para quem tem duas matrículas no Município”, explicou Antônio Carlos das Chagas.
Com as devidas informações via Blog do Jornal Garra
https://jornalgarra.com.br/2022/01/24/eu-sou-prefeita-nao-atender-agora/

Nenhum comentário:

Postar um comentário