DIARIO DA ILHA: VÍDEO: Casal morre ao colidir motocicleta contra caminhão. POR LIMA K LIMA

.

.

segunda-feira, 27 de abril de 2020

VÍDEO: Casal morre ao colidir motocicleta contra caminhão. POR LIMA K LIMA

Vídeo chocante mostra casal morto logo após colidir motocicleta contra caminhão estacionado.
São imagens muito fortes! O casal morreu após colidir motocicleta contra um caminhão que estava estacionado na Avenida do Turismo, em Manaus. A motocicleta foi parar embaixo do caminhão. A tragédia ocorre na madrugada deste domingo dia (26). Segundo a polícia, as vítimas, um jovem de 25 anos e uma mulher não identificada, tinham saído de uma festa no ramal da Prainha, naquela mesma região. Conforme informações da polícia, o acidente ocorreu por volta das 4h30, quando o rapaz trafegava pela via com a mulher na garupa. O caminhão-baú estava estacionado em frente a um condomínio. A polícia acredita que, por conta da falta de iluminação, o rapaz não viu o veículo estacionado no local e colidiu a motocicleta. As duas vítimas ficaram presas entre as ferragens e morreram na hora. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada ao local para realizar a remoção das vítimas e do veículo, que precisou do auxílio de um equipamento para ser retirado do local. Conhecidos das vítimas que passaram pelo local contaram à policia que a dupla retornava de uma suposta festa de aniversário, que foi realizada no ramal da Prainha, naquela mesma região, e teriam ingerido bebida alcoólica. O rapaz era morador do conjunto Vale do Sinai, no bairro Manoa, na Zona Norte. A moça que estava com ele seria uma colega. Os corpos da vítima foram removidos do local para o Instituto Médico Legal (IML). Uma equipe do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) esteve no local. 
VEJAM OS VÍDEO DO ACIDENTE
A Polícia Civil deve instaurar um inquérito por conta da festa que foi realizada. No Amazonas, o governo do Estado publicou um decreto que proíbe aglomeração de pessoas durante pandemia do coronavírus. No dia 5 de abril, organizadores de um evento de baile funk foram detidos por conta do descumprimento.
Com as devidas informações do G1/Amazonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário