DIARIO DA ILHA: FACÇÃO: Piauienses são presos no Maranhão. POR LIMA K LIMA

.

.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

FACÇÃO: Piauienses são presos no Maranhão. POR LIMA K LIMA

Piauienses são presos suspeitos de integrar facção no Maranhão
Dois piauienses foram presos em Timon (MA) nesta quarta (05) com drogas (cocaína e maconha), dinheiro em espécie, armas e acessórios de mira ótica. Eles são suspeitos de integrar o Bonde dos 40, uma facção criminosa que vem atuando no Maranhão e em Teresina, e de atuar no tráfico de drogas na região. O delegado Ricardo Freire, da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) em Timon, informou ao Cidadeverde.com que a dupla foi identificada como Henrique Wesley da Silva Amaral, antigo morador da Vila Angélica (região do bairro Areias), de 22 anos, e José Rodolfo Alves da Silva, que morava no Promorar, de 18 anos. Os bairros estão localizados na zona Sul de Teresina. Com a dupla, a polícia localizou duas espingardas de pressão com ar comprimido, três unidade de mira ótica (Red Dot e lunetas), além de munições de calibre .22 e 38. “Eles são oriundo de Teresina, mas precisamente da zona Sul, mas estavam morando em Timon, ambos são do Bonde dos 40. Eles estavam com esses acessórios, que aumentam a precisão, são miras óticas, e são utilizados acoplados em espingardas, fuzis, geralmente armas longas, para aumentar a precisão do disparo e atingir o alvo”, comentou o delegado. A prisão ocorreu na atual residência de Henrique Wesley, situada no Beco 11 do bairro Centro Operário, com o apoio operacional da Delegacia Regional de Homicídios (DRH). Os presos foram levados para a Central de Flagrantes de Timon. No dia 26 de abril de 2019, as equipes da DENARC e DRH efetuaram a prisão do nacional Leonardo Oliveira da Costa, vulgo “Léo Gordim”, apontado pelas investigações como um dos líderes da facção criminosa na região. Leo também era oriundo de Teresina, do bairro Santo Antônio.
Com as devidas informações de Carlienne Carpaso do cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário