DIARIO DA ILHA: SEXO MORTAL: Ex-Deputado casado morre em cima de outra.

.

.

quinta-feira, 22 de março de 2018

SEXO MORTAL: Ex-Deputado casado morre em cima de outra.

Ex-Deputado do Paraná morre ao lado de jovem acompanhante em Brasília. Luciano Pizzato acompanhava a vice-governadora do Paraná em uma agenda na capital federal.
O ex-parlamentar do Paraná, Luciano Pizzato, estava hospedado no Hotel Nacional, na região Piloto Central de Brasília e levou na noite de ontem uma jovem para lhe fazer companhia. Ele sofreu um infarto súbito e morreu no local. Na ocasião, Pizzatto acompanhava a vice governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), em uma agenda na capital federal. A jovem acompanhante estranhou a parada dos movimentos do parlamentar e ao se levantar, o corpo do político caiu da cama, mas era tarde demais. Ela acionou os funcionários do hotel, que ligaram para a Polícia. Agentes policiais chegaram ao local e constataram que ele estava morto. O fato aconteceu por volta das 1h30 desta madrugada de quarta-feira, dia 21. A acompanhante, que não teve o nome revelado, era acostumado a ficar com o ex-deputado e disse aos policiais que ele era diabético e sofria, vez por outra, de problemas cardíacos. As 60 anos, ele já teve um mandato de deputado estadual e quatro de federal e atualmente exercia o cargo de Secretário de Representação Institucional do Governo do Paraná em Brasília. Casado, ele deixa esposa e três filhos.
CARREIRA- Como chefe do escritório do governo estadual em Brasília, ele tinha, entre suas atribuições, o contato com parlamentares e autoridades do Poder Executivo. Nos últimos dias, estava acompanhando a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), nas agendas pela cidade, o que incluía participações no 8º Fórum Mundial da Água e no Seminário Internacional da Primeira Infância. Pizzato nasceu no dia 23 de março de 1957 em Curitiba. Ele é formado em engenharia florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Foi deputado estadual por um mandato e federal por quatro legislaturas. Além disso, também presidiu a Companhia Paranaense de Gás (Compagás). Especialista em direito socioambiental, publicou diversos trabalho sobre questões de meio ambiente. Só lembrando que Pizzatto deixa esposa e três filhos.

Com as devidas informações mescladas do Blog do Luís Cardoso, Coluna do Rato e Ig último segundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário