DIARIO DA ILHA: Cirurgião ateu se encontra com Deus.

.

.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Cirurgião ateu se encontra com Deus.

Cirurgião ateu entra em coma e se encontra com Deus no céu
Dr. Eben Alexander Cirurgião ateu entra em coma e se encontra com Deus no céu
A experiência de quase morte o fez acreditar na vida após a morte quando ele foi diagnosticado com doença rara e ficou em coma. O neurocirurgião formado em Harvard Eben Alexander era ateu até ter uma experiência sobrenatural. Tudo aconteceu quando ele precisou ser internado após sentir fortes dores de cabeça e entrar em coma. O diagnóstico era de uma rara infecção que estava devastando seu cérebro e os médicos, que trabalham no mesmo hospital que Alexander, não deram muitas chances aos seus familiares. Se ele sobrevivesse à doença, teria sequelas permanentes. Mas enquanto estava em coma, Eben teve uma experiência que o fez mudar seus conceitos sobre a vida após a morte. Algo que se contasse para ele, ele pensaria que era uma alucinação. Em seu relato, o neurocirurgião relata que estava chegando ao inferno quando uma “linda luz branca” apareceu o e resgatou. Essa luz o guiou para o que ele relatar ser um vale brilhante. “Um mundo incrivelmente rico e real!”, diz. Foi neste lugar que ele encontrou a Deus e voltou à terra com a mensagem dada a ele por um anjo que disse: “Você é amado, você é amado, não há o que temer”. Para quem, assim como ele, não acreditava nesse tipo de relato, Eben deixa claro que foi totalmente real, não foi uma alucinação. “Sei que não foi uma alucinação, não um sonho, não o que chamamos de confabulação. Sei que realmente ocorreu”, disse ele que vivenciou tudo isso em 2008 e escreveu o livro chamado “Uma prova do céu: a jornada de um neurocirurgião à vida após a morte”. Em seu relato, Eben diz que o anjo que lhe deu a mensagem é uma irmã que faleceu há muito tempo e que ele não chegou a conhecer. Ele só a reconheceu depois, quando lhe mostram uma foto. “Foi a experiência mais profunda que eu já tive na vida”, disse o neurocirurgião. “Essa era a chave. Isso prova que a nossa alma, nossa consciência, nosso espírito, não depende da existência do cérebro e do corpo”, disse. Agora, crente em Deus, ele tenta contar a todos que o céu é de verdade e que há um Deus real. Sua história já foi compartilhada na TV americana e Eben, hoje com 63 anos, tem falado do que viu a todos os lugares onde é convidado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário