DIARIO DA ILHA: Retornou para casa 40 anos após seu funeral.

.

.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Retornou para casa 40 anos após seu funeral.

Mulher indiana volta para sua casa 40 anos após seu funeral
Uma indiana de 82 anos viveu uma daquelas histórias que parecem ter sido tirada de um filme, afinal ela reapareceu 40 anos após ter sido considerada morta. A mulher identificada como Vilasa, foi mordida por uma cobra em 1976 e acabou tendo seu corpo deixado no rio Ganges, em um tradicional funeral do país. O problema é que ela não estava morta e sim desmaiada. Seu corpo boiou pelo rio por alguns quilômetros até ser encontrado por barqueiros, que optaram por levá-la a um templo. Só que o veneno da cobra causa perda de memória, com isso, ela viveu longos anos sem se lembrar de nada. O jornal Times of India informou que idosa voltou para casa em dezembro. Suas filhas, Ram Kumari e Munni, ficaram perplexas ao ver a mãe na porta de casa. Vilasa contou que recuperou sua memória dias antes e que decidiu tentar encontrar sua família na mesma residência em que moravam e que por sorte localizou seus parentes. O papo correu pela região e pessoas que participaram do enterro confirmaram a história. Na hora em que a vimos reconhecemos a marca de nascença dela, afirmou Munni, a filha mais nova de Vilasa, em entrevista a publicação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário