DIARIO DA ILHA: PM barra Deputada no Maranão

.

.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

PM barra Deputada no Maranão

Deputada é impedida de entrar em prédio da Funac
Andrea Murad é impedida por militares de entrar no prédio da Funac-MA

A Deputada Estadual Andrea Murad (PMDB) esteve no bairro da Aurora, onde os moradores reivindicam a retirada da unidade da FUNAC – Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão, que se instalou num imóvel que pertence a um membro do partido do governador Flávio Dino (PCdoB). Ao chegar no local, a parlamentar se deparou com viaturas na porta e policiais militares, que receberam ordem para não deixar ela entrar. Andrea ficou indignada por ter sido impedida de fazer sua atuação legítima como deputada, que é de fiscalizar as ações do governo. Mesmo assim a peemedebista entendeu que os militares estavam apenas cumprindo ordens. “De qualquer forma, meu agradecimento à polícia militar pelo respeito e deferência com que me trataram, mesmo sendo obrigados a cumprir uma ação abusiva e sem sentido de um governador que pelo visto não entende o papel de cada poder,” disse.
Moradores da Aurora recebem apoio da deputada Andrea Murad

Dizem que “pimenta nos olhos dos outros é refresco”. E de fato é. Isso porque a história se repete. Na época que era oposição ao governo Roseana e em plena campanha em 2014 contra o grupo Sarney, Flávio Dino usou em seus discursos o caso do aluguel do prédio de Edinho Lobão. Os aliados de Flávio, deputados estaduais Othelino Neto, Marcelo Tavares, Bira do Pindaré e os federais Rubens Pereira Júnior e Simplício Araújo, fizeram um verdadeiro espetáculo naquele ano para beneficiar a campanha de Dino. Eles também foram impedidos de entrarem no prédio de Edinho. Agora os mesmos que condenaram a atitude do governo anterior, são os mesmos que impedem a entrada da deputada Andrea Murad. Isso sim que é falso moralismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário