DIARIO DA ILHA: Infarto mata torcedor do Palmeiras após time ser campeão.

.

.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Infarto mata torcedor do Palmeiras após time ser campeão.

Torcedor do Palmeiras passa mal e morre após time ser campeão
Um torcedor do Palmeiras de 60 anos passou mal e morreu na madrugada desta quinta-feira (03/12) depois da comemoração da conquista da Copa do Brasil, em São Paulo, final contra o Santos. O aposentado José Valter de Oliveira, de Orlândia (SP), foi levado ao Pronto-Socorro "Doutor Edson Mano", em Santa Bárbara D'Oeste (SP), mas chegou ao local morto depois de ter um infarto por volta das 5h, confirmou a assessoria de imprensa da unidade. Segundo a dona de casa Andreia Marques, de 37 anos, sobrinha de Oliveira, o aposentado não perdia uma partida do Palmeiras. "Ele fazia excursão para todos os jogos. Era um torcedor fanático, não perdia um jogo", diz. Como em outras ocasiões, Oliveira foi assistir à final da Copa do Brasil de carro com quatro amigos na Arena Palmeiras, em São Paulo. Pouco depois da partida, que terminou nos pênaltis, Andreia conta que Oliveira ligou emocionado para casa dizendo que já estava indo embora. "Ligou e disse: é muito amor, muita paixão. Palmeiras é minha paixão", diz a sobrinha, sobre a conversa que ele teve com a mulher antes de sair de São Paulo. Segundo Andreia, o aposentado já se sentia mal antes da viagem de volta e depois das 2h30 o grupo não deu mais notícias. De acordo com informações prestadas pela Autoban, Oliveira foi atendido no quilômetro 125 da Rodovia dos Bandeirantes, na pista norte, com direção ao interior do Estado. Ele foi encaminhado como vítima grave para o pronto-socorro em Santa Bárbara D'Oeste às 4h19 desta quinta. A família diz que soube da morte depois que os amigos que acompanhavam Oliveira entraram em contato, às 5h. De acordo com a dona de casa, o aposentado não tinha problemas de saúde. "Ele vivia pelo Palmeiras, era uma pessoa muito querida. Sem explicação", lamenta Andreia. Amigos e parentes, segundo ela, foram a Santa Bárbara D'Oeste para acompanhar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário