DIARIO DA ILHA: Matou por paixão.

.

.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Matou por paixão.

Estuprou e matou uma jovem de 18 anos.

Neste último domingo dia (14) um jovem de 18 anos foi preso na residência do seu pai e confessou ter abusado e matado uma jovem de 20 anos e depois ter jogado o corpo da vítima no ribeirão Baguaçu em Araçatuba distante 522 km de São Paulo. De acordo com as primeiras informações, o acusado identificado como José Emerson de Barros Lins, conhecido popularmente como “Miojo” teria fugido para a casa do pai no último sábado dia (13) em Castilho quando soube que o corpo da jovem identificada como Paola Cristina Bulgarelli de 20 anos foi encontrado na última sexta-feira dia (12). A jovem estava desaparecida há uma semana e o caso causou grande repercussão em Araçatuba. Ainda segundo informações, José Emerson era apaixonado por Paola e teria a encontrado sobre a ponte do ribeirão Baguaçu no momento em que ela se dirigia para o trabalho.


Em seguida, o rapaz convenceu a vítima a entrar em um matagal alegando que a levaria para ver uma sucuri que teria matado próximo ao córrego. Quando Paola percebeu que era mentira, tentou ir embora, mas foi estrangulada e quando estava desacordada foi estuprada pelo assassino. Depois disso, o acusado ainda acertou duas pauladas na cabeça da jovem e como não sabia o que fazer com o corpo, decidiu jogá-lo no ribeirão. As roupas da moça foram colocadas em uma sacola e também foram jogadas no rio. A Polícia Militar chegou até o acusado após receber uma denúncia anônima que indicava onde estaria o celular da moça.
Um homem de 25 anos teria comprado o aparelho do acusado e informou a localização dele. Ao ser abordado pela PM, José Emerson resistiu à prisão, mas acabou sendo rendido e encaminhado à delegacia do município onde foi interrogado pelo delegado Paulo Natal. Ele alegou que estava bêbado no momento do crime. O assassino se encontra preso na cadeia de Penápolis a disposição do Poder Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário