DIARIO DA ILHA: Condenado vaqueiro que esfaqueou a mulher

.

.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Condenado vaqueiro que esfaqueou a mulher

Esfaqueou a esposa e pegou 18 anos de cana

Luís Carlos Araújo da Silva
O vaqueiro Luís Carlos Araújo da Silva, 40 anos com residência no povoado Lagoa das Cafuzas foi condenado a pena de 18 anos e um mês de reclusão que deverá ser cumprida, inicialmente em regime fechado, nos termos do art. 33, § 2º, “a”, do CP, por ter esfaqueado sua mulher, Raimunda Miranda Nascimento, na tarde de 20 de maio de 2012. A condenação se deu após a instalação da Sessão Plenária de Julgamento, que ocorreu no Plenário da Câmara de Vereadores de Araioses que foi presidida pela Dra. Jerusa de Castro Duarte Mendes Fontenele Vieira – Juíza da 2ª Vara de Araioses – após as testemunhas serem ouvidas e o réu interrogado.
O Ministério Público mais uma vez foi representado pelo Dr. John Derrick Barbosa Braúna e na defesa atuou os advogados Luís Paulo Ferraz e Luís Antonio Furtado. Na tarde de 20 de maio de 2012, Raimunda Miranda Nascimento, esposa de Luís Carlos Araújo da Silva estava em sua casa, no povoado Lagoa das Cafuzas, cuidando de seus afazeres domésticos quando sem entender o que estava ocorrendo foi violentamente atacada por seu marido, que munido de um facão Tramontina lhe desferiu vários golpes só não a matando devido à interferência corajosa de Samuel Alexandre Ferreira da Silva, vizinho do casal. Gravemente ferida, ela foi socorrida pelos vizinhos que a levaram para o Hospital Dirceu Arcoverde em Parnaíba (PI), onde ficou cinco dias em uma UTI, entre a vida e a morte.
Na fala do Dr. John Derrick para o corpo de jurados ele disse que Luís teria dito a Samuel que já que ele não tinha conseguido matar a sua mulher agora era ele quem ia morrer. Que esse também teria lambido a lâmina do facão que ferira a mulher, que fora socorrida. Luís Carlos foi condenado também a um ano de detenção que deverá cumprir em regime aberto, pelo porte de arma de fogo. Consta nos autos que ele estava embriagado no dia do crime.


Patrocínio

Nenhum comentário:

Postar um comentário