DIARIO DA ILHA

.

.

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Estuprou a filha com a conivência da própria mãe. POR LIMA K LIMA

Em Governador Newton Bello (MA) jovem comete suicídio após ser estuprada pelo pai com a conivência da própria mãe.
Os pais de uma jovem de 19 anos foram presos na última quarta-feira (13) pela Polícia Civil no município de Governador Newton Bello (MA). Edmar Cavalcante Neves, de 46 anos, seria suspeito de abusar sexualmente a própria filha, com apoio da mãe da jovem, identificada como Rosinete Lima Neves, de 40 anos. Érica, segundo o inquérito policial, teria começado a ser violentada aos 15 anos e, nos últimos dias, acabou cometendo suicídio. “O caso começou por umas denúncias que ela fez nas redes sociais dela esse ano, foi relatado isso ao Ministério Público e foi nos requisitada a instauração do inquérito policial.
Durante as investigações, nós descobrimos algumas evidências que realmente o pai havia estuprado a filha e praticado abusos sexuais com ela por anos e que a mãe estaria sendo conivente”, informou a delegada Lícia Juliane, que esteve à frente do caso. A prisão temporária de ambos foi deferida pelo prazo de 30 dias mas, nesse período, o que a polícia tinha de elementos probatórios eram os celulares da vítima e dos pais, que foram enviados para perícia mediante quebra de sigilo telefônico. O relatório não havia sido concluído no período de um mês e o pedido de prorrogação da prisão temporária acabou sendo negado.
Expirado o prazo da prisão temporária, ambos até chegaram a ser colocados em liberdade até a resolução do relatório conclusivo da perícia, mas voltaram a ser capturados depois da confirmação de que tinham trocado mensagens com a filha que os arrolava às investigações. Em entrevista a imprensa, o casal não demostrou arrependimento e muito menos esboçou reação com o suicídio da própria filha.
Com as devidas informações do www.alpanirmesquita.blogspot.com

domingo, 17 de novembro de 2019

Estuprada pelo padrasto menor apanha da mãe com ciúmes. POR LIMA K LIMA

Padrasto estupra enteada de 11 anos e mãe bate na filha por ciúmes do marido.
CO caso foi registrado no 26° DP/PCDF, em Samambaia Norte, no DF 
Um homem e uma mulher foram presos na quinta-feira, em Samambaia, no Distrito Federal, acusados de estuprar a filha, de apenas 11 anos. Segundo informações da Polícia Civil, os abusos sexuais ocorriam na casa da família, e na frente dos irmãos da criança. Os crimes eram praticados pelo padrasto, com cobertura da mãe da menina, que responderá como coautora do crime. De acordo com boletim de ocorrência, a mulher confessou que os estupros com a filha aconteciam há pelo menos noves meses. O padrasto forçava a criança a ter relações sexuais com ele. O crime foi denunciado por vizinhos e professores da escola da garota, por meio do Conselho Tutelar, e registrado na 26ª Delegacia de Polícia do DF. Em depoimento aos policiais, o suspeito disse que os abusos tiveram início com beijos e carícias, até evoluírem para relações sexuais. A mãe flagrou o crime por duas vezes e, com isso, bateu na garota por ciúmes do marido. A mãe tem outros cinco filhos e todos moravam na mesma residência. Há pouco tempo, ela perdeu a guarda da caçula. Com a prisão da mãe e do padrasto, a vítima dos estupros foi levada à casa abrigo do Conselho Tutelar de Samambaia Norte e deve seguir para adoção. O padrasto, de 34 anos, já respondeu por tentativa de estupro, em 2011. Ainda em depoimento, o suspeito não negou em nenhum momento que estuprava a menina. Agora, a Polícia Civil investiga se mãe obrigava a filha a se prostituir em troca de dinheiro ou alimentação.
“POSSUÍDO PELO DEMÔNIO”
Quando perguntado sobre o motivo dos abusos, o homem respondeu que estava “possuído pelo demônio”. O casal se conheceu na igreja, e pouco tempo depois foi morar junto. O homem ainda culpou o “inimigo” pelos estupros. O suspeito se justificou dizendo que o fato de ele “estar afastado da igreja” fez com que fosse “induzido” a cometer os sucessivos estupros. A mãe da criança e o padrasto foram presos preventivamente. Eles responderão por estupro de vulnerável e devem perder a guarda da menina. Caso sejam condenados, podem pegar entre oito e 15 anos de cadeia. O que ainda é pouco!!!
Com as devidas informações do www.bhaz.com.br

sábado, 16 de novembro de 2019

É O AMOR: Marido mata companheiro homossexual. POR LIMA K LIMA

Marido mata cantor de forró a facadas e depois comete suicídio em Itupiranga no sudeste do Pará.
Durante a madrugada do dia (14), por volta de 5 horas da manhã, o homossexual Moisés dos Santos Silva, de 27 anos, de nome social, Moisés Sarraf, foi morto com vários golpes de faca, pelo seu companheiro, de nome Edilson Alberes Aguiar da Silva, de 31 anos, em uma residência, localizada na Rua Ipiranga, bairro Vitória, Centro da cidade de Itupiranga, sudeste do Pará. De acordo com as primeiras informações, os dois estavam ingerindo bastante bebida alcoólica, desde cedo, e discutindo em voz alta. De acordo com pessoas próximas da família, durante a madrugada, Moisés foi ouvido, clamando por socorro. Uma vizinha teria ligado para a polícia e foi orientada a esperar “as coisas” se acalmarem. No entanto, pela manhã, os dois foram encontrados mortos. Edilson Aguiar teria matado Moisés Santos e depois tirado a própria vida.
De acordo com a Polícia Civil, Edilson Aguiar nutria um amor doentio pelo cantor de forró, chegando ao ponto de cortar o próprio pulso durante uma briga do casal. Segundo uma irmã de Moisés, o assassino sempre falava que se mataria se não ficasse com Moisés Santos. Na noite anterior, a dupla foi a uma festa, retornou de madrugada, Edilson Aguiar saiu para comprar bebida e Moisés Santos ficou em casa. Minutos depois aconteceu a tragédia. “Moisés Sarraf” se intitulava nas redes sociais de “Mullekim Forrozeiro” e “Garoto Boy”. Ele foi morto com várias facadas, desferidas no tórax, abdômen e braços. O forrozeiro estava iniciando a carreira de cantor e trabalhava nas noites de Itupiranga, animando bares, restaurantes e casas noturnas. A 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá (PA) não descarta outras linhas de investigação, pois Edilson Aguiar possuía um histórico de violência em seus relacionamentos amorosos.
Com as devidas informações do www.debatecarajas.com.br

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Matou a amiga por ciúmes de um homem. POR LIMA K LIMA

Mulher mata amiga a facadas durante briga por causa de homem no Maranhão.
Uma briga entre duas mulheres, na noite dessa terça-feira dia (12), terminou em morte, na cidade de Codó (MA) Karliane Conceição Craveiro foi assassinada durante uma briga com a amiga, identificada por Larissa Rafaela Parente, de 21 anos. As duas estavam bebendo cerveja juntas, quando houve um desentendimento, que teria sido motivado por ciúmes de um homem. Karliane Conceição teve morte imediata após ser esfaqueada no pescoço e tórax. A Polícia Militar (PM) chegou rapidamente ao local e conseguiu efetuar a prisão da suspeita. Ela foi levada para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó. O corpo da vítima foi removido por volta das 19 horas para o Necrotério do Hospital Geral Municipal. É mais uma que morre na ponta da faca por cobrar ciumes do que não é seu.
Com as devidas informações do www.portalfalanordeste.com

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Foi sepultada vestida de noiva. POR LIMA K LIMA

Jovem é enterrada vestida de noiva, após morrer um dia antes de casar.
Uma jovem de 23 anos foi enterrada na sexta-feira, dia (1º), usando seu vestido de noiva, no mesmo horário em que estaria se casando, às 9 horas da manhã. Milena Toschi de Andrade morreu atropelada por um motoqueiro, na manhã da última quinta-feira, quando estava indo trabalhar, por volta das 6h30, em Francisco Morato, na grande São Paulo. Segundo a família da vítima, não há nenhuma sinalização onde a jovem foi atropelada, na rodovia Manoel Silveira Pinto. Milena tentava atravessar a rua, quando um homem de moto não parou para ela terminar a travessia. Na colisão a infeliz noiva terminou indo á óbito.
Com as devidas informações do noticias.uol.com.br